quarta-feira, 6 de julho de 2011

É A PAIXÃO, FANTASIA?

Cada vez que ouço a campainha tocar penso "que bom se fosse você". Larguei tudo e peguei o primeiro avião só pra vir te encontrar, você diria. Eu ficaria estupefata e feliz, te mandaria entrar e arrancaria as suas roupas, peça por peça? não, todas de uma vez, o paletó, a gravata, as calças, cueca, meias, sapatos, não nessa ordem porque na verdade o que menos importaria seria a ordem, e te comeria no chão da sala, com a sofreguidão da primeira vez. E a saudade da segunda. Me apaixonei pela impossibilidade de te ter pra mim. Nada, ou quase nada, temos em comum, a não ser o gosto pelo sexo sem pudores. Quero purgar você de mim, mas, veja você, ontem me peguei considerando a possibilidade de te mandar uma carta pra saber como você está, por onde anda, se a vida está boa e, principalmente, pra tentar descobrir, nas entrelinhas da resposta que você não me mandaria, se você, nem que seja um pouquinho, naquelas horas de solidão, de pau duro, de bebedeira de fim de noite, se você pelo menos nessas horas pensa em mim. E imagino você em casa com a mulher, que você come por necessidade e obrigação, com os filhos, que você ama porque é isso que todos esperam que sinta, sentados distraidamente em volta de uma grande mesa conversando sobre o dia que passou. E sinto um carinho tão grande por você, uma imensa e tão correta e indefinida ternura, como se olhasse uma criança se distraindo na caixa de areia da praça. E me surpreendo invejando seu sincero amor de obrigação.

Te esquecer? Não quero. É gostoso pensar em você. Além do mais, paixões me distraem. Esta carta é só pra te purgar hoje de mim. Amanhã acordo apaixonada de novo.

4 comentários:

Bogart disse...

Sou uma completa adimiradora dos teus trabalhos. Sua escrita é incrivel. Tenho teu poema 'ele e ela' nos meus favoritos e sempre quando estou procurando inspiração o lei. Parabéns, continue a trabalhar escrever assim e me encantar ainda mais.

IsaBele disse...

Boa, pg gostar, amar, apaixonar-se, sonhar, não significa necessariamente querer para si. às vezes é só gosto de sentir que quer.

Adorei o texto e tudo por aqui! (Já há algum tempo bisbilhotando... rs)

Fanzine Episódio Cultural disse...

VIII CONCURSO PLÍNIO MOTA DE POESIAS 2011 (MACHADO-MG). FALEM COMIGO!

A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão
abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do
ano 2011.
Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO PARA TODOS!

OBS: O VALOR DA INSCRIÇÃO ( 2 REAIS) PODE SER COLOCADO DENTRO DO ENVELOPE COM AS 6 CÓPIAS DA SUA POESIA.

Anônimo disse...

Because the admin of this website is working, no question very soon
it will be renowned, due to its feature contents.

My website ... http://www.coachhandbagsoutletstore2013.com/